Ronaldo enganou seus ouvintes novamente – Médico caçado pela CBN tem processos contra a família Tiradentes

Depois de dois anos perseguindo ferozmente Bianca Abinader, Ronaldo Tiradentes encontra seu segundo médico-alvo: Raimundo Dantas dos Santos, que já conseguiu na Justiça penhorar bens da família Tiradentes.

Há cerca de três meses, após comprovada a fraude que montou contra Bianca Abinader, o radialista Ronaldo Tiradentes começou a reinventar a própria mentira, a de que a CBN Manaus fazia uma série de reportagens sobre a saúde municipal. Cobrado pela direção nacional da emissora sobre sua obsessão contra Bianca, Ronaldo ordenou que Andréa Vieira, metade repórter sua e metade funcionária pública, passasse a seguir outros médicos da capital amazonense. O site O Caso Bianca Abinader já mostrou (clique aqui) que Andréa é funcionária da Prefeitura de Manaus, mas durante o horário de expediente, trabalha na verdade na rádio CBN Manaus.

Ao procurar outros médicos da rede pública, a jogada da CBN Manaus era, novamente, enganar os ouvintes. Como fez em janeiro de 2010, Ronaldo Tiradentes jurava no ar que várias unidades de saúde de Manaus seriam visitadas, e que o cunho das matérias era puramente social. Com essa mentira o radialista disse que escolheu a médica Bianca, exatamente uma semana depois dela liderar o protesto Manaus de Olho (clique aqui), por mero acaso. Segundo Ronaldo, naqueles sete dias entre o protesto e o primeiro ataque, a CBN Manaus recebeu milhares de denúncias contra a médica.

Não vamos recontar a história aqui. O site O Caso Bianca Abinader disponibilizou todos os documentos, inclusive aqueles sonegados do contribuinte pela Prefeitura de Manaus, como o relatório da primeira sindicância aberta contra a médica (clique aqui), engavetado durante mais de um ano na Secretaria Municipal de Saúde.

Enganando o ouvinte e a chefe

Em dias alternados, a rádio passou a visitar casinhas de saúde a esmo, ouvindo as queixas dos pacientes sobre demora no atendimento, maus tratos, falta de fichas, postos de saúde abandonados, falta de remédios etc., meros pretextos para insistir nos ataques pessoais a Bianca.

Mas era preciso materializar a mentira. Simplesmente atribuir à médica a falta de remédios nos postos da Prefeitura ou a culpa pelo decreto do governador Omar Aziz, que deu ao funcionalismo público três dias úteis de folga recentemente, era raso demais, mesmo para o padrão CBN Manaus. Ronaldo precisava de outro nome, outro médico. Então Andréa Vieira, a funcionária pública, foi atrás do médico Raimundo Dantas dos Santos.

Segundo Ronaldo, vários pacientes haviam denunciado o médico à rádio. Milhares de ouvintes, a caminho do trabalho, passaram uma semana acompanhando os passos de Raimundo e Andréa, médico faltoso e servidora faltosa da Prefeitura, nas ondas de uma concessão pública de rádio, com a assinatura da maior rede de jornalismo do rádio brasileiro.

Você já viu essa história, e sabe que é mentira. A “série de reportagens” sobre maus médicos chegou a ser defendida pela diretora nacional de jornalismo da CBN, Mariza Tavares, em visita a Manaus para palestrar sobre jornalismo e ética. Questionada sobre o comportamento de sua afiliada local, Mariza defendeu a tal “série de reportagens”. O que nem Mariza Tavares nem os ouvintes da CBN Manaus sabiam, porém, era que Ronaldo não tinha limite. Acredite você, o segundo médico procurado pela rádio para legitimar a perseguição a Bianca era Raimundo Dantas dos Santos, desafeto da família Tiradentes há pelo menos 18 anos.

Isso mesmo. Nem para a diretora nacional de jornalismo Ronaldo Tiradentes se deu ao trabalho de disfarçar a mentira. Enganar ouvintes e leitores não é novidade para a CBN Manaus, conhecida como a rádio que troca notícia e alvo da hashtag #NojoCBN, que levou a marca de Mariza, Sardenberg, Piotto, Cony, Gehringer e tantos outros à vergonha nacional dos assuntos mais comentados na internet. O site O Caso Bianca Abinader mostra agora como Mariza Tavares foi enganada e fez o papelão de defender, publicamente, uma fraude chamada CBN Manaus.

Raimundo Dantas, médico do trabalho e funcionário da Prefeitura no programa Saúde da Família, foi acusado pela rádio de não atender os pacientes, chegar tarde ao trabalho e atender em seu consultório particular, enquanto devia estar numa unidade pública. A rádio procurou o médico alegando ter recebido denúncias de pacientes.

Mentira. Para enganar seus ouvintes, Ronaldo Tiradentes mandou a repórter Andréa Vieira seguir os passos de um médico que tem diversos processos na Justiça contra a família Tiradentes. Desde julho de 1993, o médico Raimundo Dantas dos Santos cobra uma dívida de Ruy Tiradentes, irmão de Ronaldo. Em outubro de 2010, Onilza Abreu Gerth, juíza titular da 8ª Vara Cível e Acidentes do Trabalho de Manaus, ordenou a penhora do apartamento de Ruy Tiradentes e de mil cotas da sociedade na Rádio Tiradentes Ltda. O processo 0007263-12.1993.8.04.0012 (clique aqui), no qual Ruy é defendido pela advogada Kiê Mariee Cavalcante Hara, esposa de Ronaldo Tiradentes, é apenas uma das ações judiciais em que Dantas e os Tiradentes figuram como partes opostas.

Recentemente, Ronaldo Tiradentes conseguiu judicialmente que sua rádio ficasse de fora da condenação de Ruy. O advogado em todas as ações contra Raimundo Dantas dos Santos, o mau médico “descoberto” pela CBN Manaus, é o próprio Ronaldo Tiradentes. Confira nas imagens abaixo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Todos os processos que mostram o médico contra Ronaldo, a mulher, o irmão e as empresas da família Tiradentes podem ser vistos no site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), basta clicar aqui.

Não batizamos O Caso Bianca Abinader de “A maior fraude do jornalismo amazonense” à toa. O que desconhecíamos era a capacidade da marca CBN de ser envolvida na fraude de Ronaldo. Mariza Tavares, jornalista respeitada nacionalmente, não é boba. Por dever da profissão, também não é desinformada. Sabe, por exemplo, que Ronaldo e sua família mantêm contratos e vínculos empregatícios com a Prefeitura de Manaus. Sua postura há dois anos, no entanto, é a de lavar as mãos, como se a Rede Globo não possuísse um rígido código de ética e postura para funcionários e afiliados.

Amazonino Mendes, Francisco Deodato e outros dois secretários municipais passam hoje pelo constrangimento público de terem sido obrigados pela Justiça a reintegrar Bianca, diante dos indícios de que sua suspensão foi ilegal. Com o envolvimento de Mariza Tavares — por conivência ou omissão — com as fraudes jornalísticas criadas pela CBN Manaus, fica claro que a CBN nacional participa ativamente do “assassinato” moral praticado contra a médica há quase dois anos.

Não conhecemos o médico Raimundo Dantas. Há hoje, no serviço público, diversos médicos, advogados, assessores, peritos, motoristas, contadores, redatores e repórteres, como a própria Andréa Vieira, recebendo dinheiro público sem serem encontrados em seus locais de trabalho. O mau comportamento ocorre em todo lugar, e na Prefeitura, começa dos postos de comando, ocupados por gestores que se deixam usar por amigos para fins alheios aos interesses do contribuinte.

A missão do site é provar que as acusações contra Bianca são a maior fraude do jornalismo amazonense, cometida a céu aberto e à luz do dia há dois anos. No caso do médico Raimundo Dantas, desafeto de Ronaldo e vendido ao ouvinte como personagem de matéria jornalística de apelo social, é caso de polícia e alerta para o Ministério das Comunicações. O site O Caso Bianca Abinader, como em todos os outros episódios da história, está aqui novamente mostrando as mentiras de Ronaldo Tiradentes, as mentiras da Prefeitura de Manaus, e agora as mentiras de Mariza Tavares e da CBN nacional.

No último final de semana, o jornalista Luis Nassif publicou uma série de matérias (clique aqui) sobre o caso da médica Bianca Abinader. Para apresentar ao país uma história como essas, contextualizou historicamente os personagens, exibindo a milhares de leitores o que ocorre no Amazonas com Bianca há quase dois anos, mas com muitos outros amazonenses há mais de trinta.

Não participamos da coleta de dados nem da produção da série “A Primavera de Manaus“, mas deixamos aqui nosso “muito obrigado” a Luis Nassif pela coragem e pela falta de juízo de cumprir o mais elementar dos papéis do jornalista, o de simplesmente contar a história.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s